• Redação

Beirute: Polícia dispara gás lacrimogêneo para acabar com o protesto




Nesse sábado (08), manifestantes atiraram pedras durante um protesto em Beirute, no Líbano, enquanto tentavam quebrar uma barreira para chegar ao prédio do parlamento.



Milhares de pessoas se dirigiram a praça principal de Beirute com faixas escritas que as autoridades deveriam ser enforcadas. Houve confrontos entre manifestantes e policiais de choque perto do parlamento. As manifestações ocorreram por causa da explosão no porto que aconteceu nessa semana.



Zeina Khodr, da Al Jazeera, afirmou que grupos da sociedade civil têm chamado as pessoas a voltar às ruas, dizendo que "basta".



"Há muita raiva, muita raiva, as pessoas estão pedindo vingança e justiça. Eles dizem que hoje é sobre justiça para as vítimas da explosão de terça-feira", disse Khodr. "Eles querem que os políticos sejam enforcados, eles querem que os políticos sejam executados."



De acordo com Khodr, há um sentimento de desafio entre os manifestantes, apesar das forças de segurança usarem "quantidades excessivas de gás lacrimogêneo" para dispersá-los. "As pessoas recuaram, tem havido batalhas enquanto os manifestantes tentam invadir o prédio do parlamento".


Veja Mais

Veja Mais