• Redação

Comando Naval combate incêndios no Pantanal


O Comando do 6º Distrito Naval (Com6ºDN), em Ladário-MSo vem apoiando o governo do Mato Grosso do Sul no combate aos focos de queimadas no bioma Pantanal e estabeleceu a Operação “Pantanal”. O trabalho interagências está sendo realizado pela Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB), Força Aérea Brasileira (FAB), Corpo de Bombeiros de MS e Ibama.


As ações de apoio tiveram início no dia 25 de julho e contam com o emprego de cinco aeronaves: Super Cougar (UH-15) e esquilo (UH-12), da MB; Pantera, do EB; Blackhalk (H60) e Hércules (C-130), da FAB. As aeronaves são empregadas em voos de reconhecimento, transporte de brigadistas e lançamentos de água.


No dia 27, as aeronaves Pantera e Blackhalk realizaram o transporte de 20 militares e bombeiros militares às regiões mais afetadas, nas localidades Jatobazinho e Castelo-MS.


Já foram realizadas, por uma aeronave UH-12 do Com6ºDN, 52 investidas com o bambi bucket, tipo de bolsa localizada na parte externa da aeronave capaz de transportar cerca de 30 litros de água, nas regiões mais afetadas próximas às cidades de Corumbá e Ladário-MS. O total de água despejada nos focos de incêndio foi aproximadamente 1.560 litros de água.


Com uma área territorial de 65 mil Km² – 11º maior município do Brasil -, Corumbá lidera o ranking dos focos de calor em Mato Grosso do Sul. Somente em julho, em um cenário atípico, o estado concentrou 8.967 focos, dos quais 7.120 (79,4%) somente na Capital do Pantanal.

Veja Mais

Veja Mais