• Redação

Delegados afirmam que o governador não tem compromisso com a Polícia Civil



O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado da Bahia (ADPEB), divulgou neste sábado (25), um vídeo pelas redes sociais para todos os servidores da polícia civil da Bahia, onde mostram os resultados e os problemas enfrentados pelos agentes de segurança pública da Bahia e responsabilizou o governador Rui Costa por não ter compromisso com a Polícia Civil da Bahia.


Tivemos acesso ao conteúdo de 02min e 22seg, produzido pelo Sindicato, onde apresentam uma série de dados sobre a segurança pública da Bahia.


Com o título “E Você Governador”, mostram dados da segurança pública no Estado. A falta de efetivo da Polícia Civil que resulta na deficiência das investigações e quem sofre é a população baiana. Apontam que o quadro de pessoal da Polícia Civil da Bahia é de apenas 5.430 servidores, faz ainda uma comparação ao número desejado conforme a Lei Orgânica que seria de 8.933 servidores, sendo assim uma defasagem de 3.503 profissionais.


Divulgaram também que em 2020 houve uma aceleração da aposentadoria e em 7 anos foram 875 servidores aposentados.


Segundo o vídeo, a Bahia é hoje o Estado com o maior número de crimes violentos somente nos dois primeiros meses deste ano, e lidera o ranking das capitais nacional. E devido a pandemia do covid-19, centenas de servidores tiveram de se afastar de suas atividades, sem contar os que vieram a falecer neste mês.


Mostram que nos últimos anos foram realizados concursos públicos, mas os aprovados não foram nomeados. Na sexta-feira (17) houve um protesto em frente a Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia, dos 313 aprovados no concurso de 2018. Esses pais e mães de famílias que tiveram de abandonar seus empregos para fazer quatro meses de curso de formação de investigadores da Polícia Civil, e até hoje, aguardam serem nomeados.

Mesmo com toda essas duras realidades enfrentadas pelos servidores, os números de procedimentos apresentado no vídeo chegam ao 200 mil, em toda Bahia, e dos 66.902 inquéritos policiais enviados para justiça 52.042 foram com autoria identificada.


Afirmaram ainda que Rui Costa desvaloriza o trabalho da polícia civil desde do início do seu primeiro governo e vem anualmente cortando direitos e vantagens, o pior desrespeitando as atribuições e ferindo a autonomia investigativa dos policiais civis. Ressaltaram que são homens e mulheres que dedicam suas vidas para cuidar e preservar a vida de tantos outros, somos “100% orgulho em integrar a Polícia Civil”.


O vídeo finaliza com uma pergunta “e você governador, qual sua parcela de compromisso e zelo pela Polícia Civil da Bahia”.




Veja Mais

Veja Mais