• Redação

Doenças vasculares: quais são as causas e como prevenir esse mal silencioso


O dia 28 de maio, é celebrado o Dia Internacional da Luta pela Saúde da Mulher, um importante momento de reflexão para se falar a respeito de doenças cardiovasculares que acometem as mulheres. Elas podem trazer grandes prejuízos ao longo da vida e, se não forem combatidas a tempo, levar à morte progressivamente ao incentivar AVCs (Acidente Vascular Cerebral) e outras complicações.




Qualquer doença que altere e afete a integridade dos vasos sanguíneos pode ser entendida como uma doença vascular. Por consequência, elas fazem com que a circulação do sangue pelo corpo também seja afetada, sobretudo nos braços, pernas, pés e cabeça.



Neste contexto as doenças vasculares representam um dos maiores riscos para as mulheres brasileiras. Números registrados pelo Governo Federal e dados apresentados pelo estudo Global Burden of Disease (GBD), de 2019, apontam as doenças crônicas vasculares como a primeira causa de morte no Brasil. Então, todo cuidado torna-se prioridade para esse enfrentamento. Essas informações mostram ainda que 40% dessas mulheres têm entre 35 e 65 anos, faixa etária em que ocorre o climatério, estando por isso, mais vulneráveis e com maior risco de adquirirem doenças cardiovasculares, uma extensão relevante das doenças do aparelho circulatório.



Para evitar essas doenças, é importante conhecer os fatores de riscos. São eles: colesterol alto, pressão arterial alta, já ter tido outras doenças vasculares, diabetes, obesidade, avanço da idade, tabagismo, doença cardíaca e já ter passado por um derrame.


No entanto, adotar um bom e sadio estilo de vida evita que muitos desses fatores apresentados acima se estabeleçam na vida das mulheres e lhes tragam complicações.


O uso adequado das meias de compressão, por exemplo, é um importante recurso para prevenir a dilatação de vasos sanguíneos e com isso, dificultar o aparecimento de doenças vasculares como por exemplo as varizes e a trombose venosa profunda.



Por isso é fundamental adotar hábitos saudáveis que protegem a mulher e a ajudam combater esses males.



Por uma vida melhor:


- Beba água: se hidratar é fundamental. Beba no mínimo dois litros de água por dia, pois além de eliminar as substâncias tóxicas através da urina, auxilia no metabolismo do corpo e ajuda na absorção dos nutrientes.


- Utilize meias de compressão graduada: outra maneira de prevenir as doenças vasculares é usar meias de compressão graduada. A Sigvaris Group, possui amplo porftólio de meias e acessórios de compressão graduada que previnem e auxiliam na melhora do fluxo sanguíneo, contribuindo também no retorno venoso e diminuindo a retenção de líquidos nas pernas.


- Alimentação saudável: evite comer alimentos gordurosos e frituras, ter uma alimentação rica em legumes e verduras auxiliará neste processo.


- Praticar atividades físicas: se mexer é fundamental para prevenir a celulite, pois melhora o sistema circulatório e auxilia no processo de queima de reservas de gordura. Movimente-se!


- Drenagem linfática: além de auxiliar na eliminação do excesso de líquido no corpo, a drenagem também elimina as toxinas que se acumulam entre as células de gordura, fazendo com que o seu sistema linfático trabalhe melhor e diminuindo a aparência de celulite.

Veja Mais

Veja Mais