• Redação

Falta de veículos novos preocupa locadoras em todo o país


Conforme o diretor da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA) em Roraima, Celio Fonseca, o estado enfrenta uma falta de carros novos no mercado numa dimensão jamais vista na história da indústria automotiva. "Os preços subiram substancialmente e, quando há veículos disponíveis, os prazos de entrega estão cada vez mais longos", aponta Fonseca.

No caso das locadoras de veículos, isso implica em manter os seminovos na frota por mais tempo, acarretando em elevação de custos de manutenção. "O resultado se reflete nas tarifas de locação, na medida em que as locadoras estão sendo obrigadas pelas atuais condições de mercado a também ajustarem seus preços para poderem se manter".

Mesmo assim, conforme as informações da ABLA, a demanda pela locação de carros em Roraima está em alta. "O agronegócio, por exemplo, está crescendo no estado, principalmente com a soja", ressalta Fonseca. "E isso implica na necessidade de mais veículos para essa cadeia produtiva da nossa economia".

Celio Fonseca acrescenta que gestores de cooperativas, empresas e produtores rurais estão em busca de alternativas vantajosas para suprir as demandas diárias de transporte e mobilidade dentro e fora de suas propriedades. "É neste cenário que a locação tem se destacado, já que oferece custo mais atrativo se comparada à compra de frotas para tais finalidades", confirma o diretor da ABLA.

Conforme o Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, com dados do Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), as 68 empresas de locação de veículos que atuam em Roraima possuíam, ao final de 2020, uma frota total de 2.887 veículos. Essas empresas são responsáveis pela manutenção de 282 empregos diretos no estado.

Veja Mais

Veja Mais