• Redação

Governo lança programa para descobrir talentos infantis para o esporte



O governo federal lançou nesta terça-feira (22), no Tocantins, um novo programa chamado DNA do Brasil Talentos, que tem o objetivo de identificar crianças e adolescentes com vocação para o esporte.


A iniciativa é uma parceria entre o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) e o Instituto para o Desenvolvimento da Criança e do Adolescente pela Cultura e Esporte (Idecade). O evento foi realizado na cidade de Porto Nacional, região central do estado, e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro e de diversos ministros.


O novo programa será executado ao longo dos próximos meses e, nesta primeira fase, serão contemplados 63 municípios do Tocantins. Cerca de 46 mil crianças e adolescentes, entre 7 e 17 anos, podem ser beneficiados, segundo o governo.


A iniciativa está estruturada para detectar talentos do esporte e também outras vocações profissionais. Para isso, é aplicado um método científico que combina avaliação biológica, psicológica, sociológica, vocacional e motora dos alunos participantes. A previsão é que o programa seja expandido para outros estados, alcançando cerca de 210 mil crianças e adolescentes.


Apesar de ter como referência o esporte, o programa tem o objetivo de promover inclusão social, formação profissional e acolhimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.


"Durante o programa, nós queremos descobrir as crianças que estão tristes, as crianças em depressão, os adolescentes que estão querendo desistir da vida", disse a ministra Damares Alves, do MMFDH. "Queremos descobrir se tem alguma criança vítima de violência, por meio de um programa de esporte. Por meio do programa, queremos falar com as mulheres desse estado. Acabou para os agressores de mulheres e crianças do Brasil", acrescentou.


Ainda no Tocantins, o presidente Jair Bolsonaro e sua comitiva realizaram uma vistoria nos trabalhos de construção da ponte sobre o Rio Araguaia, no município de Xambioá, divisa entre os estados do Tocantins e Pará. A ponte de Xambioá será a maior do estado e vai beneficiar 500 mil pessoas, além de contribuir para o desenvolvimento econômico de toda a região. Atualmente, a travessia entre os dois estados só é possível via balsa.

Edição: Lílian Beraldo

Veja Mais

Veja Mais