• Redação

Municípios baianos adotam toque de recolher



Catorze municípios baianos estão em sistema de toque de recolher para conter o avanço da contaminação pelo novo Coronavírus no interior do estado. A medida foi decretada pelo governador da Bahia, Rui Costa, e se estende até o dia 12 de julho.


Nos municípios de Camaçari, Candeias, Conde, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé e Simões Filho está restrita a locomoção noturna, sendo vedado a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 18h às 5h.


Pelo decreto, está autorizado nessas cidades, das 5h às 17h, somente o funcionamento dos serviços essenciais e, em especial, as atividades relacionadas ao enfrentamento da pandemia, como o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, as obras em hospitais e a construção de unidades de saúde.


A Polícia Militar da Bahia vai dar suporte para assegurar o cumprimento das medidas.

Já no município de Correntina, o toque de recolher tem validade até o dia 10 de julho. Na cidade do oeste baiano, a restrição também será entre 18h e 5h.


Segundo o governo baiano, tanto em Correntina quanto nas cidades da região metropolitana de Salvador, deslocamento noturno é permitido apenas para a hospitais, farmácias ou situações em que fique comprovada a urgência. A restrição não se aplica aos servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuam nas unidades públicas ou privadas de saúde.


Itabuna e Itapetinga adotam o toque de recolher até o dia 8 de julho. Em Itabuna, a restrição compreende o período das 18h às 5h. Na cidade de Itaberaba, a restrição noturna continua até 9 de julho, das 18h às 5h.

Veja Mais

Veja Mais