Nota sobre reabertura do comércio anunciada hoje pela Prefeitura de BH


Comércio de BH - Crédito: Serjusmig.


No dia 22 de julho, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), juntamente com outras entidades, solicitou à Prefeitura, a abertura do comércio quando o índice de ocupação de leitos de UTI estivesse em 80%. A hipótese foi radicalmente rechaçada pela Prefeitura.


Na sexta-feira da semana passada, o Secretário de Saúde do Kalil até chegou a dizer: “mais 15 dias fechado não mata ninguém”.


Hoje, a prefeitura decide que o comércio pode abrir de quinta a sábado desta semana. E o índice de ocupação de leitos de UTI está em 84%. Dá para entender tamanha contradição?

Utilizando este critério de hoje, e se fossem contabilizados os leitos da rede privada e se a Prefeitura de Belo Horizonte tivesse cumprido a promessa de aumentar os leitos públicos, o comércio já estaria aberto há muito tempo, evitando a quebradeira de milhares de negócios e o desemprego de milhares de trabalhadores, que se encontram com sérias dificuldades para sustentar suas famílias.

Veja Mais

Veja Mais