• Redação

Rússia-Ucrânia: Imagens sugerem valas comuns em Mariupol



Imagens de satélite mostram o que parecem ser valas comuns ao redor de um cemitério perto de Mariupol, onde autoridades dizem que a Rússia está enterrando corpos para esconder seus crimes de guerra.



A vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, disse que nenhum corredor humanitário será aberto na Ucrânia na sexta-feira “devido ao perigo nas rotas”.



Washington diz que a afirmação do presidente russo, Vladimir Putin, de que Moscou “liberou” a cidade ucraniana sitiada de Mariupol é “ainda mais desinformação”.



O presidente dos EUA, Joe Biden , promete mais artilharia pesada, munição e drones à Ucrânia como parte de um novo pacote de armas de US$ 800 milhões.



O chefe do Banco Mundial estima que a invasão da Rússia causou US$ 60 bilhões em danos a edifícios e infraestrutura em toda a Ucrânia até agora.


O escritório de direitos humanos da ONU soou o alarme sobre as crescentes evidências de crimes de guerra na Ucrânia, instando Moscou e Kiev a ordenar aos combatentes que respeitem o direito internacional.



“As forças armadas russas bombardearam e bombardearam indiscriminadamente áreas povoadas, matando civis e destruindo hospitais, escolas e outras infraestruturas civis, ações que podem equivaler a crimes de guerra”, disse o escritório da Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH), Michelle Bachelet.



Fonte: Aljazeera

Veja Mais

Veja Mais