Todos estão acostumados a planejar o trabalho



Sem preparação, as oportunidades escapam. Com estratégias definidas, as chances de alcançar os objetivos, quaisquer que eles sejam, são muito maiores. Nesses mais de 45 anos de experiência, o consultor de empresas e economista Dernizo Pagnoncelli, tesmunhou muitos dilemas, como, por exemplo, funcionários bem-sucedidos, mas infelizes por não concordarem com as políticas de suas empresas. “Como consultor de estratégia, pensei e escrevi uma metodologia clara e eficiente de planejamento de vida, no livro ‘Como planejar sua vida! Um método prático, objetivo e testado para o seu sucesso pessoal’”, diz o profissional, que dá algumas dicas.


– Autoconhecimento. Fazer uma análise da situação atual, saber o que se quer conquistar e onde espera chegar. Se a pessoa não se conhece, não adianta se planejar.


– Hora de se questionar, olhar para a sua vida profissional e pessoal. As pessoas devem se perguntar: “o que estarei fazendo daqui a 10 anos?”. A visão orienta o planejamento da sua vida e funciona como bússola para definir aonde você quer chegar. Mas não se deve pensar apenas em onde chegar, mas também em todas as possibilidades de como chegar lá e buscar concretizar esse objetivo. As pessoas devem assumir o controle de suas vidas, ou acabarão sendo controladas por alguém. O grande segredo é buscar e agarrar as oportunidades.


– Definir estratégias e traçar um plano para alcançar suas metas.


– Acompanhar, avaliar resultados, atualizar e fazer correções de rotas. Planejar é intenção e implantar é ação. O acompanhamento motiva as pessoas porque elas passam a usar os resultados como uma referência para avaliar seu desempenho. E todo dia é dia, toda hora é hora de estar ligado no plano de vida. Não se deve aceitar resultados abaixo do esperado. Tudo pode ser feito melhor do que está sendo feito. O planejamento deve ser atualizado sempre para acompanhar as mudanças relevantes do ambiente. O planejamento estratégico não é uma camisa de força. Há momentos que é preciso inverter prioridades, adiar objetivos e mudar estratégias.


– Um planejamento estratégico está intimamente ligado a uma situação financeira, seja seu objetivo, um simples curso de inglês ou uma viagem de cruzeiro ao redor do mundo. A questão financeira precisa ser incluída e observada durante todo o processo. É importante observar como se lida com o dinheiro, como gastá-lo e aprender a destinar uma parte dele para seu objetivo financeiro.


Imagem (sugestão): Dreamstime

Veja Mais

Veja Mais