• Redação

Ucrânia diz que Rússia está se preparando para lançar novo ataque ao leste




A Rússia está se preparando para lançar um novo ataque no leste da Ucrânia em uma tentativa de tomar a cidade de Kharkiv e cercar a linha de frente fortificada do país, disse o Ministério da Defesa da Ucrânia, enquanto uma autoridade dos EUA alertou que a Rússia estava redobrando sua ofensiva no sul e leste da Ucrânia.



O porta-voz do Ministério da Defesa, Oleksandr Motuzyanyk, disse na segunda-feira que a Rússia está abrindo caminho para um ataque à capital regional de Severodonetsk por meio de ataques às cidades de Rubizhne e Popasna, na região de Luhansk.



Motuzyanyk disse que os russos também estão reunindo forças para capturar a cidade portuária sitiada de Mariupol, que está cercada por forças russas há mais de quatro semanas.



Severodonetsk e Mariupol ficam nos extremos norte e sul da “linha de contato” da Ucrânia – a linha de cessar-fogo que suas forças mantêm contra separatistas apoiados pela Rússia na região leste de Donbass da Ucrânia desde 2015.




Em um briefing, Motuzyanyk também disse que as tropas russas estavam deixando a Bielorrússia para a Rússia, e Moscou estava preparando estoques de combustível e munição em áreas que fazem fronteira com o leste da Ucrânia. Ele disse que a Rússia está preparando instalações médicas para um potencial influxo de baixas entre suas tropas.



Os alertas foram repetidos na segunda-feira pelo conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, que disse que a Rússia está mudando seu foco em sua guerra na Ucrânia para o leste e sul do país.



Ele alertou que a Rússia está redobrando sua ofensiva, depois de retirar muitas tropas da capital Kiev, ao leste e ao sul da Ucrânia.



“A Rússia está reposicionando suas forças para concentrar suas operações ofensivas no leste e em partes do sul da Ucrânia”, disse Sullivan a repórteres.



“A Rússia tentou subjugar toda a Ucrânia e falhou. Agora tentará colocar partes do país sob seu domínio.”



Sullivan disse que os EUA esperam que a Rússia continue a lançar ataques aéreos e com mísseis contra Kiev e a cidade ocidental de Lviv para causar terror e danos econômicos em todo o país.



Fonte: Aljazeera

Veja Mais

Veja Mais