• Redação

Empreendedores informais podem assinar contratos de MPO pelo App BB


Os empreendedores informais que contratarem operações de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO) no Banco do Brasil (BB) passam a contar com uma novidade: a assinatura do contrato via Mobile. As transações formalizadas digitalmente dispensam a impressão de documentos e a assinatura física. O valor do empréstimo varia de R$ 1 mil a R$ 21 mil, com pagamentos de 5 a 18 parcelas, estabelecidos com base na capacidade do credor.






Para a efetivação do crédito, a agência de relacionamento deve acolher a proposta do empreendedor presencialmente (no caso de nova operação) ou pelos canais virtuais - telefone ou WhatsApp (a partir da segunda operação). Daí, é realizado o cálculo da capacidade de pagamento, o que leva em média cinco minutos. Ao ser aprovada, o proponente passa a assinar todos os documentos – Custo Efetivo Total, Termo de Adesão e Cláusulas Gerais – eletronicamente.



No App BB, o cliente entra no Perfil e vai em ‘Confirmações pendentes’ utilizando a senha de 6 (seis) dígitos. Ao confirmar, a operação é formalizada, sem a intervenção da agência. Como o processo é eletrônico, é importante que o empreendedor visualize e leia a documentação disponibilizada antes de proceder à assinatura eletrônica.




“O BB vem aprimorando seus canais digitais, ampliando a capacidade de atendimento às pessoas, com orientação e acompanhamento durante o período de utilização do crédito. Assim, contribui para o fortalecimento dos pequenos negócios, especialmente neste momento de pandemia,” adianta Amauri Garcia Lellis Junior, gerente executivo da Diretoria de Governo do Banco do Brasil.




Para contratar o Microcrédito, o empreendedor deve ser informal, com renda mensal de até R$ 30 mil, ou Microempreendedor Individual (MEI) com faturamento até R$ 81 mil por ano ou Microempresa com faturamento até R$ 360 mil por ano. O endividamento no Sistema Financeiro Nacional (SFN) não pode exceder R$ 80 mil, excetuando-se desse limite as operações de crédito habitacional.




O MPO pode ser utilizado para melhorar o fluxo de caixa (capital de giro) ou para compra de equipamentos, móveis, ferramentas e demais itens necessários ao funcionamento da atividade econômica. Os profissionais que mais utilizam a solução de crédito são vendedores informais de roupas e acessórios, cabeleireiros, manicure e pedicure, vendedores informais de alimentos, empreendedores dos ramos de estética e outros serviços de cuidados com a pele e higiene pessoal.




Fonte: BB



Veja Mais

Veja Mais