• Redação

ITA desenvolve equipamento para monitoramento de SARS-CoV-2 no ar


O Laboratório de Bioengenharia do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (LabBio), do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), do Comando da Aeronáutica, e parceiros estão desenvolvendo protótipos de equipamentos para monitorar o ar e fazer um mapeamento da presença do novo Coronavírus, denominado SARS-CoV-2, e outros microrganismos em alguns pontos das cidades de São Paulo (SP) e São José dos Campos (SP).



O projeto "Desenvolvimento de Protótipo do Equipamento para Monitoramento de SARS-CoV-2 no ar" tem o propósito inicial de instrumentalizar as autoridades públicas nas ações de prevenção e combate à pandemia causada por esse agente biológico.




Para isso, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o Instituto de Estudos Avançados (IEAv) e o Hospital A.C. Camargo Câncer Center somam esforços, cada um contribuindo com expertise técnico-científica e disponibilidade para trazer fundamentação científica às tomadas de decisão, nesse momento de enfrentamento da pandemia.




O equipamento, baseado em projeto existente no IEAv, para identificação de poeira radioativa no ambiente, realizou coletas de amostras do ar atmosférico em filtros que, por sua vez, foram levados ao Laboratório de Genômica Médica do A. C. Camargo Câncer Center, para serem analisados pelo teste de PCR em tempo real, o mesmo que detecta o RNA do SARS-CoV-2 em pacientes contaminados, e também análises de genoma completo com o intuito de localizar a presença de vírus e bactérias, principalmente o vírus da COVID-19.



A continuidade dos estudos e o desenvolvimento da tecnologia visam consolidar o atual protótipo e, em caso de sucesso, produzir um equipamento que possa ser absorvido pela indústria, sendo transformado em produto acabado e pronto para sua inserção no mercado nacional e internacional.




Veja Mais

Veja Mais