• Redação

Muro de delegacia é usado como banheiro por policiais



Policiais civis da 1ª e 2ª Delegacia Territorial, da 6ª COORPIN, em Itabuna, não viram outra alternativa senão fazer suas necessidades fisiológicas no muro da delegacia. A falta de banheiros para os investigadores e escrivães levou a essa medida pouco higiênica e convencional a se tornar habitual.



Urinar no muro no fundo da delegacia foi a única opção que os investigadores e escrivães tiveram para não sair da delegacia nos dias de plantões. Embora tenham dois banheiros na unidade policial, eles são de usos exclusivos dos delegados titular e adjunto, restando apenas o muro para os policiais realizarem suas necessidades.



O fato foi denunciado ao Sindicatos dos Policiais Civis da Bahia (sindpoc).



Segundo o presidente Eustácio Lopes, que esteve pessoalmente na unidade policial e comprovou o absurdo, uma situação vexatória para os investigadores e escrivães passam no seu dia trabalho, esperamos que a SSP se pronuncie sobre o descaso com os policiais e tomem uma providência”, afirmou.



Para Lopes essa situação é apenas o ponto do iceberg, em relação aos inúmeros problemas de falta de estrutura nas unidades policiais do interior da Bahia, “iremos continuar a denunciar esses absurdos, os policiais civis merecem respeito”, concluiu.



O site Rx Notícias vem realizando uma série de reportagens sobre a falta de estrutura nas delegacias da Bahia, e o que encontramos, não é apenas falta de condições de trabalho para com policiais, mas também, o desrespeito com esses profissionais que sofrem diariamente assédio moral cometido pelos seus chefes hierárquicos, que se comportam como verdadeiros tiranos do serviço público.



Submeter policiais civis a terem que urinar no muro é uma verdadeira Zona do Descaso!

Veja Mais

Veja Mais