• Redação

Policiais civis mantém paralização nesta quinta-feira pela quarta vez consecutiva



Os policiais civis da Bahia suspendem suas atividades nesta quinta-feira (17), por 24 horas em todas as delegacias do estado. Objetivo é chamar atenção da população sobre o descaso do governo com a Segurança Pública na Bahia. Essa quinta será a quarta vez que os policiais realizam o protesto.



Lockdown como estar sendo chamado a paralização de toda as quintas-feiras é o modo pelo qual os policiais querem apresentar a sociedade os problemas enfrentados por todos os policiais.



O Movimento Juntos somos + Fortes iniciou a Operação Padrão desde o dia 1º de Janeiro e vem discutindo com todos os policiais as pautas referente as leis em que se amparam as prerrogativas do policial civil, bem como seus direitos e deveres.


Segundo Eustácio Lopes, presidente do Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc), o movimento está forte e a sociedade vem nos apoiando, "só o governador continua fazendo vista grossa com a segurança pública, os crimes continuam crescendo como também os homicídios e o pior a policia civil sendo sucateada e os policiais desvalorizados".



"O movimento irá continuar e por isso precisamos do apoio de todos os policiais, nesta quinta-feira a partir das 19h, iremos realizar uma reunião virtual que discutirá as novas ações da Operação Padrão, além das prerrogativas do policial civil", afirmou Eustácio Lopes.



A reunião dos Policiais Civis será transmitida ao vivo nas redes sociais e pelas plataformas digitais do Sindicato dos Policiais Civis do Estado da Bahia (SINDPOC).

Veja Mais

Veja Mais