• Redação

Profissionais de evento realizam manifestação em frente ao Shopping da Bahia


Cerca de 200 profissionais do segmento de eventos participaram de uma manifestação na manhã desta quinta-feira (11), em frente ao Shopping da Bahia, pela volta de show e festas na capital baiana. A manifestação contou com apoio da APE (Associação dos Profissionais de Eventos) e do vereador Irmão Lazaro (PL).



O protesto foi organizado pela APE que reivindica a volta dos eventos em Salvador, devido a pandemia os grandes eventos foram proibidos pelos decretos municipais e estaduais, para evitar grandes aglomerações de pessoas e disseminação do coronavírus.


Segundo o vereador Lázaro a volta da realização dos eventos é possível, "limitando o número de pessoas e respeitando ao distanciamento, além dos protocolos de segurança e o uso de máscaras e álcool em gel”.



Ainda o edil, os bares e restaurantes já estão abertos em Salvador e uma das reivindicações seria a liberação da apresentação de músicos, por exemplo, nesses estabelecimentos. “Os profissionais de eventos e os músicos são duas das categorias que mais sofreram com a pandemia. E precisamos considerar que esta situação persiste há quase um ano”, concluiu.



De acordo com os profissionais, o protesto tem como lema: "Queremos trabalhar, a culpa não é nossa". A categoria pediu para que as pessoas fossem à manifestação de preto. O movimento tem o objetivo de chamar atenção para as necessidades da categoria, formada por músicos, produtores, roadies, técnicos de som, luz e led, seguranças, dançarinos, carregadores, motoristas, garçons, cozinheiros, barmans, cordeiros, empresários e artistas.

Veja Mais

Veja Mais